Doble Chapa (2014)

Doble | Chapa documenta a duplicidade da fronteira entre Brasil e Uruguai. Seus diretores, um brasileiro e um uruguaio, são também um espelho - cada um refletindo um lado dessa linha imaginária. Ao se deslocarem por essa linha limite entre os dois países, os diretores - ou simplesmente os viajantes que guiam o trajeto - descortinam uma fronteira que se expande para além da linha e ganha um território particular dentro dos dois países, um lugar de dupla nacionalidade por essência. O roteiro de Doble | Chapa é um roteiro de viagem, um trajeto traçado no mapa, um encontro equidistante, um road movie geminado.